Irmandade Apresenta #5 | Doutor Manhattan


Muitas pessoas assistiram ao filme Watchmen, mas não sabem a origem de um dos caras mais fodas do universo da DC, o cara mais apelão de todos os tempos.

Jonatham Osterman foi tranacado acidentalmente em uma câmara de testes onde era feito testes nucleares, e então seu corpo se desintegrou totalmente, porém ganhou diversos poderes como controlar a matéria de forma subatômica, se regenerar, forças sobre humanas, atravessar e viajar galáxias e distancias que um homem normal não consegue além de não usar roupas, ou seja, o cara é o "pica das galáxias". Logo depois ganhou o apelido de Doutor Manhattan apresentando-se ao goberno dos EUA como um super-herói. o Dr. nunca curte se envolver com os humanos a não ser sua esposa Janey Slater, sua colega de trabalho, e até conhecer Laurie que mais para frente se torna uma heroína chamada Silk.

O herói foi inspirado no Capitão Átomo, além de ter pequenas aparências com o Superman e o caçador de marte.


"E a saga do Doutor Manhattan não terminou em Watchmen. Com o novo projeto editorial instaurado, o Rebirth, a DC pretende alinhar o mundo de Watchmen ao seu universo regular, colocando Manhattan como responsável pelos Novos 52!
A ideia é que “uma força” teria roubado dez anos da história dos heróis, o que gerou toda a era Novos 52. A tal força seria o Doutor Manhattan e tudo isso teria ligação com a história de Before Watchmen: Dr. Manhattan #4. Ele teria criado o Universo dos Novos 52, ainda que a ideia do Ponto de Ignição continue sendo importante para o caso.
Segundo Geoff Johns, Manhattan é fundamental para a história por conta da nova trama tratar de um conflito entre otimismo e pessimismo, com Manhattan sendo um ser capaz de olhar esses dois sentimentos de fora, além de ter a capacidade de afetá-los."

Fonte:  Legião dos Heróis
             Wikipédia