Review - 3%


Na última sexta (25) finalmente tivemos a permissão de assitir a série 3%, série brasileira e com produção da NETFLIX.

'Baseada em uma websérie homônima exibida no YouTube com piloto de 3 capítulos, a série "3%" mostra um mundo pós-apocalíptico, depois de diversas crises que deixaram o planeta devastado. Num lugar não especificado do Brasil, a maior parte da população sobrevivente mora no Continente, um lugar miserável, decadente, onde falta tudo: água, comida, energia e outros recursos.
Aos 20 anos de idade, todo cidadão tem direito de participar do Processo, uma seleção que oferece a única chance de passar para o Maralto, onde tudo é abundante e há oportunidades de uma vida digna. Mas somente 3% dos candidatos são aprovados no Processo, que testa os limites dos participantes em provas físicas e psicológicas e os coloca diante de dilemas morais.'

A expectativa criada sobre a primeira temporada foi enorme, mas que, para algumas pessoas talvez, não foi tão legal. A série pois muitos furos de roteiro, episódios longos que claramente poderiam ser diminuídos, e trilha sonora um pouco fora do contexto; o que te prende na real é a história dos personagens, seu passado, como cada um chegou ao processo de seleção.



Há provas de sobrevivência na série, são feitas para ver a capacidade de lidar com situações diversas, onde lembra um pouco programas do Silvio Santos  no Domingo a tarde. Mas mesmo com os erros, a ideia da série é boa, visionária, onde existe um plano superior para que todos vivam em plena harmonia livre de doenças, pobreza e conflito, mas com isso acaba tocando em um ponto bem sensível, a desigualdade social, algo que é bem evidente na série.

Não vou falar sobre cada personagem, até mesmo para não seguir com Spoilers, mas são boas histórias, que talvez, você possa se identificar.

Resumindo a série apesar dos furos, ela te prende um pouco, mas não acho que seja uma séria que você precise maratonar mas que possa ver de vez enquando. Todos os episódios já disponíveis no NETFLIX.